O Prouni Tem Bolsas de Estudo para Pós-Graduação?

No segundo semestre de 2017 a Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou uma proposta que permite também a inclusão do financiamento de cursos de pós-graduação no Programa Universidade para Todos (Prouni).

O Prouni é de iniciativa do Ministério da Educação com o apoio do Governo Federal e é o maior programa de distribuição de bolsas de estudo do país. Nele são disponibilizadas bolsas de estudo integrais e parciais em instituições privadas de ensino superior para os estudantes que possuem baixa renda. 

Anteriormente, o programa beneficiava somente estudantes que faziam cursos de graduação e de cursos sequenciais de formação específica.

Requisitos do Prouni para pós-graduação

Os critérios de renda para a oferta das bolsas de pós-graduação serão iguais àqueles aos que já são aplicados para os alunos de graduação.

  • O candidato deve ter renda familiar de até três salários mínimos por pessoa;
  • Ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou ter cursado parte ou todo o ensino médio em escola privada, mas com bolsa integral;
  • Ser portador de deficiência física;
  • Ser professor da rede pública de ensino básico. Nesse caso o candidato irá concorrer a vagas em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia.

É importante ressaltar que para bolsas de 100% a renda familiar per capita não deve exceder um salário mínimo e meio. Já para bolsas parciais de 50% e 25% a renda familiar per capita deve somar até três salários mínimos.

Para se inscrever no Prouni o candidato deve escolher qual a instituição de ensino e o campus que pretende estudar, o curso e o turno que deseja. Também é preciso escolher se a bolsa será parcial (50%) ou integral (100%).

Também é possível escolher qual a categoria que pretende concorrer: ampla concorrência ou cotas.

Vale lembrar que o Prouni exige que o candidato tenha realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano anterior, tenha obtido uma nota superior a 450 nas provas e não tenha tirado zero na redação.

O Programa realiza duas edições por ano: uma acontece no primeiro semestre e a outra no segundo semestre. As inscrições são gratuitas.

A proposta ainda será analisada pelas comissões de Educação; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, em caráter conclusivo.

No entanto existem outros meios para cursar uma pós-graduação sem precisar recorrer ao Prouni.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é um órgão do Governo que fomenta e consolida a formação de candidatos em cursos de pós-graduação. O CAPES também oferece bolsas de estudo, no entanto funciona de forma diferente do Prouni: a bolsa é concedida em dinheiro, para o custeio da pós-graduação.

Outra opção são os programas de iniciativa privada que oferecem descontos em instituições privadas. O programa Educa Mais Brasil, por exemplo, disponibiliza bolsas de estudos de até 70% para estudantes interessados em fazer curso superior de graduação e pós-graduação.